Quer ter uma maior poupança energética em casa?

Proteja-se do frio e poupe energia

Estes são os meses mais frios do ano e, devido à pandemia, e ao aumento do teletrabalho e do trabalho híbrido, famílias inteiras passam mais horas em casa, aumentando muito o consumo de energia.

No entanto, há alguns hábitos quotidianos que podemos adotar para economizar energia, mantendo o conforto térmico da casa.

Entidades como a Quercus, a ERSE ou a DECO citam uma série de pequenas estratégias e dicas básicas para apoiar os consumidores. Siga-as e reduza a sua fatura, ao mesmo tempo que apoia o ambiente.

Poupar na climatização da casa e nos hábitos do dia-a-dia:

  • Aproveite e proteja a sua casa com aquecimento natural dos raios solares: no Inverno, de dia abra os estores e feche as janelas, à noite feche-os; no Verão, se houver radiação direta, baixe os estores e abra as janelas (se a temperatura exterior o permitir). Não se esqueça de ventilar as divisões 10-15 minutos por dia;
  • Adeque a temperatura da habitação às temperaturas exteriores e à estação do ano: no Inverno a 19-20°C e no Verão a 25°C e use vestuário adequado às condições;
  • Climatize apenas as divisões que usa e evite deixar portas ou janelas abertas: aproveite o temporizador do aparelho/aquecedor para ligar e desligar em alturas específicas;
  • No verão, use o ar condicionado só quando é imprescindível ou troque por uma ventoinha de teto, de janela ou de pé e poupe cerca de 10% na fatura da eletricidade. Lembre-se que ao subir 1°C no aparelho consome mais 7% em energia, portanto não queira ter a casa a 30º C no inverno;
  • Quando é necessário climatizar, opte por aparelhos economizadores. Um aquecedor a óleo, por exemplo, aquece o ambiente, desde que as janelas e portas estejam bem calafetadas. Os termoventiladores gastam mais. Um recuperador de calor é três vezes mais eficiente do que uma lareira aberta.
  • No Inverno, ligue a ventoinha de teto ao contrário, ou seja, na direção contrária aos ponteiros do relógio e conseguirá baixar e fazer circular o ar quente que se acumula no teto, aquecendo assim a casa.
  • Certifique-se que todas as janelas e portas de casa estão bem isoladas – cerca de 30% do calor/frio entra em casa pelas janelas, ou seja, também pode sair, o que significa que gastará mais energia a aquecer ou a refrescar a casa.
  • Feche a torneira da água enquanto lava os dentes, as mãos, faz a barba ou trata da loiça do pequeno-almoço. Por exemplo, uma torneira tradicional deita cerca de 9 litros de água por minuto: se perder 1 minuto a lavar os dentes, 3 vezes por dia com a água sempre a correr, gasta 27 litros de água – num mês são mais de 800 litros de água. Não há forma mais simples de começar já a poupar água, energia e dinheiro.

Poupar na eletricidade e gás natural:

  • Use lâmpadas LED e poupe num ano até 8€/lâmpada;
  • Desligue as lâmpadas que não precisa;
  • Use as máquinas de lavar com a carga completa e num programa de baixa temperatura;
  • Se tiver tarifa bi-horária, escolha os horários de vazio para os consumos maiores de energia;
  • Ao utilizar as máquinas no período noturno poderá poupar 20€/ano (máquina de lavar roupa) e 30€/ano (máquina de lavar loiça);
  • Evite usar a máquina de secar roupa. Aproveite o sol e o vento;
  • Não baixe mais dos 3ºC, a temperatura do frigorífico e reduza o tempo de abertura da porta;
  • Não coloque alimentos ainda quentes ou mornos no frigorífico – caso contrário o frigorífico terá de consumir mais energia para os arrefecer eficazmente.
  • Evite abrir a porta do forno, usando a iluminação interior;
  • Com o tempo quente, baixe a temperatura da água do esquentador;
  • Verifique se a iluminação em cada divisão da casa está sobredimensionada;
  • Use tomadas inteligentes, que desligam automaticamente vários equipamentos em vez de os deixar em modo ar em modo stand-by (tv, box, equipamento de som). Pode poupar energia até 60€/ano;
  • Os aparelhos em stand-by (suspensão) continuam a gastar energia, desligue-os totalmente;
  • Desligar a Box da televisão na tomada (em vez de ficar em standby) permite-lhe poupar 17 euros/ano
  • Ajuste a potência que contratou no seu fornecedor de energia, ao número de aparelhos que liga ao mesmo tempo;
  • A leitura do contador comunicada por si tem o mesmo valor que a realizada pela empresa. Evite estimativas de vários meses, porque pode ter contas mais pesadas nalguns períodos;
  • Se a fatura abranger um período maior que o habitual, pode pagar em prestações e sem juros.

Poupar no GPL (Butano e Propano):

  • Desligue o esquentador quando não precisar de água quente;
  • Desligue o fogão e o forno minutos antes de acabar de cozinhar. O calor acumulado permite terminar a tarefa;
  • Não pendure objetos nas mangueiras ou nos tubos do gás;
  • Evite deixar equipamentos a gás ligados sem vigilância;
  • Se cheirar a gás ou detetar uma fuga, feche rapidamente o redutor e as torneiras do aparelho a gás. Abra portas e janelas!
  • Informe-se antes de sair de casa para comprar uma botija, onde pode encontrar os preços mais baixos na sua zona;
  • Pode comprar uma botija de gás, propano ou butano, na maioria dos postos de abastecimento de combustível;
  • Os donos das botijas de gás (e quem as vende) são obrigados a trocar qualquer botija vazia, independentemente da marca, desde que sejam do mesmo tipo;

Está preocupado com o conforto e segurança da sua habitação?

Pensado para todo o tipo de habitação, seja moradia ou apartamento, seja para senhorios ou para inquilinos, o Una Lar está concebido de forma a responder às suas principais necessidades de proteção, numa solução prática e versátil.

Consulte o nosso Seguro de Multirriscos Habitação e junto de Mediador Una e peça uma simulação ou informe-se em unaseguros.pt.

Proteja a sua casa tanto no inverno como no verão.

Proteja-se do frio e poupe energia

Estes são os meses mais frios do ano e, devido à pandemia, e ao aumento do teletrabalho e do trabalho híbrido, famílias inteiras passam mais horas em casa, aumentando muito o consumo de energia.

No entanto, há alguns hábitos quotidianos que podemos adotar para economizar energia, mantendo o conforto térmico da casa.

Entidades como a Quercus, a ERSE ou a DECO citam uma série de pequenas estratégias e dicas básicas para apoiar os consumidores. Siga-as e reduza a sua fatura, ao mesmo tempo que apoia o ambiente.

Poupar na climatização da casa e nos hábitos do dia-a-dia:

  • Aproveite e proteja a sua casa com aquecimento natural dos raios solares: no Inverno, de dia abra os estores e feche as janelas, à noite feche-os; no Verão, se houver radiação direta, baixe os estores e abra as janelas (se a temperatura exterior o permitir). Não se esqueça de ventilar as divisões 10-15 minutos por dia;
  • Adeque a temperatura da habitação às temperaturas exteriores e à estação do ano: no Inverno a 19-20°C e no Verão a 25°C e use vestuário adequado às condições;
  • Climatize apenas as divisões que usa e evite deixar portas ou janelas abertas: aproveite o temporizador do aparelho/aquecedor para ligar e desligar em alturas específicas;
  • No verão, use o ar condicionado só quando é imprescindível ou troque por uma ventoinha de teto, de janela ou de pé e poupe cerca de 10% na fatura da eletricidade. Lembre-se que ao subir 1°C no aparelho consome mais 7% em energia, portanto não queira ter a casa a 30º C no inverno;
  • Quando é necessário climatizar, opte por aparelhos economizadores. Um aquecedor a óleo, por exemplo, aquece o ambiente, desde que as janelas e portas estejam bem calafetadas. Os termoventiladores gastam mais. Um recuperador de calor é três vezes mais eficiente do que uma lareira aberta.
  • No Inverno, ligue a ventoinha de teto ao contrário, ou seja, na direção contrária aos ponteiros do relógio e conseguirá baixar e fazer circular o ar quente que se acumula no teto, aquecendo assim a casa.
  • Certifique-se que todas as janelas e portas de casa estão bem isoladas – cerca de 30% do calor/frio entra em casa pelas janelas, ou seja, também pode sair, o que significa que gastará mais energia a aquecer ou a refrescar a casa.
  • Feche a torneira da água enquanto lava os dentes, as mãos, faz a barba ou trata da loiça do pequeno-almoço. Por exemplo, uma torneira tradicional deita cerca de 9 litros de água por minuto: se perder 1 minuto a lavar os dentes, 3 vezes por dia com a água sempre a correr, gasta 27 litros de água – num mês são mais de 800 litros de água. Não há forma mais simples de começar já a poupar água, energia e dinheiro.

Poupar na eletricidade e gás natural:

  • Use lâmpadas LED e poupe num ano até 8€/lâmpada;
  • Desligue as lâmpadas que não precisa;
  • Use as máquinas de lavar com a carga completa e num programa de baixa temperatura;
  • Se tiver tarifa bi-horária, escolha os horários de vazio para os consumos maiores de energia;
  • Ao utilizar as máquinas no período noturno poderá poupar 20€/ano (máquina de lavar roupa) e 30€/ano (máquina de lavar loiça);
  • Evite usar a máquina de secar roupa. Aproveite o sol e o vento;
  • Não baixe mais dos 3ºC, a temperatura do frigorífico e reduza o tempo de abertura da porta;
  • Não coloque alimentos ainda quentes ou mornos no frigorífico – caso contrário o frigorífico terá de consumir mais energia para os arrefecer eficazmente.
  • Evite abrir a porta do forno, usando a iluminação interior;
  • Com o tempo quente, baixe a temperatura da água do esquentador;
  • Verifique se a iluminação em cada divisão da casa está sobredimensionada;
  • Use tomadas inteligentes, que desligam automaticamente vários equipamentos em vez de os deixar em modo ar em modo stand-by (tv, box, equipamento de som). Pode poupar energia até 60€/ano;
  • Os aparelhos em stand-by (suspensão) continuam a gastar energia, desligue-os totalmente;
  • Desligar a Box da televisão na tomada (em vez de ficar em standby) permite-lhe poupar 17 euros/ano
  • Ajuste a potência que contratou no seu fornecedor de energia, ao número de aparelhos que liga ao mesmo tempo;
  • A leitura do contador comunicada por si tem o mesmo valor que a realizada pela empresa. Evite estimativas de vários meses, porque pode ter contas mais pesadas nalguns períodos;
  • Se a fatura abranger um período maior que o habitual, pode pagar em prestações e sem juros.

Poupar no GPL (Butano e Propano):

  • Desligue o esquentador quando não precisar de água quente;
  • Desligue o fogão e o forno minutos antes de acabar de cozinhar. O calor acumulado permite terminar a tarefa;
  • Não pendure objetos nas mangueiras ou nos tubos do gás;
  • Evite deixar equipamentos a gás ligados sem vigilância;
  • Se cheirar a gás ou detetar uma fuga, feche rapidamente o redutor e as torneiras do aparelho a gás. Abra portas e janelas!
  • Informe-se antes de sair de casa para comprar uma botija, onde pode encontrar os preços mais baixos na sua zona;
  • Pode comprar uma botija de gás, propano ou butano, na maioria dos postos de abastecimento de combustível;
  • Os donos das botijas de gás (e quem as vende) são obrigados a trocar qualquer botija vazia, independentemente da marca, desde que sejam do mesmo tipo;

Está preocupado com o conforto e segurança da sua habitação?

Pensado para todo o tipo de habitação, seja moradia ou apartamento, seja para senhorios ou para inquilinos, o Una Lar está concebido de forma a responder às suas principais necessidades de proteção, numa solução prática e versátil.

Consulte o nosso Seguro de Multirriscos Habitação e junto de Mediador Una e peça uma simulação ou informe-se em unaseguros.pt.

Proteja a sua casa tanto no inverno como no verão.