Sabe como escolher o protetor solar?

O Fator de Proteção Solar – FPS (SPF, na sigla inglesa) – está incluído em todos os protetores que o mercado disponibiliza e indica a capacidade do produto em proteger da radiação UVB, a radiação mais ligada à queimadura  solar, porque atinge sobretudo as camadas mais superficiais da pele.

O FPS é de menção obrigatória por lei e deve ajudar o consumidor a escolher o produto adequado para um determinado nível de exposição e para um dado tipo de pele.

A proteção contra raios UVA (mais associados ao envelhecimento da pele e ao aparecimento de cancro, porque penetram em camadas mais profundas da pele) terá também de ser explícita na embalagem do produto. A maioria dos protetores, protege a pele da radiação UVA e UVB.

A Comissão Europeia recomenda aos fabricantes que incluam proteção contra os UVA também. Um protetor solar deve dar um mínimo de proteção UVA de 1/3 do valor de FPS anunciado. Os rótulos devem publicitar a proteção UVA, mas não são obrigados a mostrar o valor. Seja como for, na União Europeia o simbolo do círculo com a sigla UVA dentro informa os consumidores de que o produto oferece, pelo menos, o nível de proteção mínimo recomendado contra os raios UVA.

Existem 2 tipos de protetores:

Químicos – absorvem a radiação solar, são cosmeticamente mais agradáveis, mas podem desencadear reações alérgicas em pessoas suscetíveis.

Físicos ou minerais – refletem a radiação, não são absorvidos pela pele e não criam sensibilidade, estando habitualmente indicados para crianças e peles intolerantes.

Classificação do Fator de Proteção Solar (FPS):

  • 6 e 10 – Proteção baixa
  • 15 e 25 – Proteção média
  • 30 e 50 – Proteção elevada
  • Superior a 50* – Proteção muito elevada

Atenção:

  • Não existem cremes totalmente à prova de água, embora existam uns que  resistem um pouco mais que outros;
  • A partir de FPS 30, a diferença da proteção solar é residual, dado que deve impedir a passagem de 96,7% da radiação UVB;
  • (*) Entre o FPS 30 e o 50 a diferença de nível de proteção é muito pequena, uma vez que o FPS 50 dará uma proteção de cerca de 98% contra a radiação, o que é difícil de superar, e estará, no máximo, apenas 1,3% acima do fator 30;

Recorde as regras básicas da aplicação do protetor:

  • Aplicar o protetor 30 minutos antes da exposição, sobre a pele seca e limpa;
  • É crucial renovar a aplicação do protetor solar a cada duas horas e após banho ou transpiração, uma vez que a proteção se perde;
  • Deve reforçar a proteção sempre que estiver próximo da água ou areia, porque aí os raios UV são refletidos e incidem mais sobre a pele;
  • Os dias nublados também exigem o uso de protetor, pois nestes dias 40 a 60% da radiação solar atravessa as nuvens e atinge a pele;
  • Seguir a indicação na embalagem sobre a quantidade de produto que tem de colocar, caso contrário terá menos proteção do que a indicada;
  • Cobrir todas as áreas expostas, insistindo nas zonas mais sensíveis: rosto, lábios, orelhas, pescoço, mãos, pés e zonas atrás dos joelhos;
  • Caso use maquilhagem, aplique primeiro o protetor solar e prefira cosméticos com FPS;
  • Evitar a exposição solar entre as 12 e as 16 horas;
  • Usar óculos de sol, chapéus ou bonés que ajudem a proteger o rosto, lábios e olhos;
  • Não expor crianças muito pequenas ao sol direto: idealmente só depois do 1º ano e a idade mínima recomendável é de 6 meses;
  • Um FPS entre o 2 e o 14 não é suficiente para evitar o cancro da pele ou o envelhecimento precoce;
  • Nos primeiros dias de contacto com o sol recomenda-se o uso de um Fator de Proteção Solar de 30;
  • É necessária defesa contra o sol em todas as atividades de exterior que impliquem exposição: trabalho de exterior, atividades desportivas, jardinagem, caminhadas, entre outras.

Não esquecer:

O sol é importante para a saúde. Ao longo de todo o ano é necessária uma preocupação com níveis razoáveis de exposição solar: ela permite a síntese natural da vitamina D, essencial à saúde óssea, por exemplo, entre muitos outros aspetos. No entanto, sobretudo nos meses e horas mais quentes, são precisas proteções e cuidados específicos para não se correr perigo durante a exposição.

A UNA responde às suas questões em qualquer investimento que pense fazer na proteção da sua saúde e vida. Estamos inteiramente ao seu dispor, para

qualquer dúvida ou esclarecimento adicional. Consulte o seu Mediador Una e peça uma simulação ou informe-se em unaseguros.pt.